Respirar o irrespirável

Relembrar, mergulhar, readaptar e tranquilizar. Ver o outro, acompanhar, observar, apontar, entreter os olhos. Filmar, rir, acenar, fluir, deixar ir, contornar, revirar. Assustar, compreender, acalmar, aproveitar mais.

O primeiro mergulho na companhia do meu pai. 4 metros, 6 metros, 12 metros, até aos 18. Só para reaprender, só para relembrar. Ver mil peixes, mil cores, todas as cores. Ver estrelas do mar, trombeteiros enormes, moreias pequeninas e grutas abertas. Passar por arcos, ver mais mil cores, ver o mar abrir para o azul infinito. Ver as ondas à superfície e os peixes nas profundezas. Saborear a companhia, mostrar coisa novas e bichos engraçados. Ver lesmas, muitas lesmas e anémonas tímidas que se escondiam à nossa passagem.

Apetecer mais, repetir hoje.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: