Novos inícios

Já estou a dar aulas. Já conheci o grupo de meninas com quem vou trabalhar durante o ano. São cerca de 30, amorosas, receberam-me super bem e não se queixam do meu português. Também não se queixam do pouquíssimo crioulo que vou inventando, corrigem-me quando é necessário e assim decorre um, real, processo de ensino-aprendizagem, para as duas partes. Já dei aulas de português, de matemática e de inglês. Para a semana começam as aulas delas e o meu trabalho a tempo inteiro (até agora foram só manhãs).

Em casa, continuamos à espera de internet, porque se em Portugal as coisas demoram, aqui demoram um bocadinho mais. Toda a vila está sem electricidade há quase uma semana, o que implica estar também sem internet, na maior parte dos casos. Temos amigos a virem cá para casa para carregarem telemóveis, ligarem computadores, ou tentarem trabalhar, já que a nossa é a única casa que tem electricidade sem falhas (excepto, desde 3ª, entre as 22h e as 6h, período em que a dona decidiu encerrar o gerador todos os dias). Nos intervalos, com o pouco que há para fazer, lemos, vamos para a rua, mergulhamos na baía do King Fisher (o melhor hotel do Tarrafal), vamos para a praça, conhecemos pessoas na praia. É giro, é mesmo giro, mas começamos as três a ressacar da falta de um bem que, estupidamente, se tornou tão necessário às nossas vidas, porque nem no centro há electricidade e internet. Entretanto, e uma vez que o skype ainda não pode ser usado, consegui finalmente um telemóvel para o meu cartão cabo-verdiano, por isso já podem telefonar à vontade (indicativo +238)! Se quiserem o número, mandem-me mensagem para o português e eu mando um toque do cabo-verdiano. Morada não tenho, é só vila do tarrafal.

De resto, não deixo de me surpreender com as diferenças, principalmente culturais, entre isto e a minha Europa, o meu Portugal, a minha Lisboa.

Os miúdos passeiam comboios feitos de pacotes de iogurte atados uns aos outros com fio de pesca; os cães correm atrás das motas que passam na rua principal durante a noite; os gatos fogem dos cães e correm atrás de insectos; as pessoas cumprimentam-se na rua, conhecem-se, querem-se bem.

Adoro o quentinho no peito que já é um “Ana, heeeey!!” no meio da praça, um “boa tardi minina” no supermercado ou os 30 “bom dia professora Ana!” quando chego ao centro. It’s really all I can ask for!

Entretanto, hoje tive um péssimo acordar. Como se a possibilidade de ter baratas em casa não fosse suficiente, hoje acordei com algo a tocar-me no braço, através do mosquiteiro. Quando abri os olhos tinha um rato agarrado à rede, a cheirar-me. Mandei o maior grito, ele saltou e pouco depois, quando já estava recomposta do choque, voltei a vê-lo na mesa de cabeceira. Voltei a mandar um berro gigante e a criatura fugiu, não sei para onde. É de notar que tudo isto se passou às 5 da manhã, quando a luz ainda não tinha sido ligada no prédio. Não podia fazer grande coisa… Saí do quarto a correr, fui para o quarto da Hanna e disse-lhe o que se passava. Fomos à cozinha, porque ouvimos barulhos, vimos mangas roídas e quando estávamos a sair, um rato passou por nós a correr e escondeu-se debaixo de sofá. Esforcei-me para não gritar outra vez, para não acordar a Salsa, mas enfiámo-nos as duas no quarto da Hanna, de porta fechada e tentámos dormir. De manhã havia mais vestígios da sua presença, por isso hoje à tarde vamos comprar veneno e espalhá-lo pela casa. Espero sinceramente que resulte, porque não é algo que queira reviver… Ainda agora me arrepio só de pensar na cena!

Felizmente a minha manhã melhorou, quando as minhas miúdas – que chegaram atrasadas à aula e às quais eu dei um sermão sobre a importância de cumprir horas – me mostraram a surpresa que me tinham preparado. Cozinharam todas cachupa e trouxeram-na para o centro, com sumo e pastéis de milho para eu ficar a conhecer as especialidades da zona. Apesar de ter carne de porco, que eu não posso comer, adorei a surpresa, o prato e a atenção e já prometi retribuir com um salame de chocolate.

4 Respostas to “Novos inícios”

  1. Por aqui não chove, não há baratas em casa, mas volta e meia há formigas…e há a adaptação aos fins de semana com o ninho vazio, o ir às compras ao Continente e não saber o que comprar porque estou a comprar só para mim…e fazer só duas máquinas de roupa durante a semana! A vida é feita de adaptações e conseguirmos sentir-nos em nossa casa onde quer que estejamos é meio caminho andado para sermos felizes…o resto do caminho é feito de boas recordações, como tenho a certeza que vão ser as que fizeres este ano e que te acompanharão para sempre.
    Beijinhos meu amor

  2. meu amor 🙂 fico tã tão orgulhosa de ti, tu sabes! agora quero foto das crianças, vá!! e ainda estou chocada com o rato ;P já morreu? amanhã tenho uma entrevista no skype para um estágio pago no Rio! depois digo-te como correu! mil saudades e mais algumas, beijoca..! * ly

  3. Estou *visualmente* a imaginar a tua reacção ao rato, mana! Que maravilha.
    É pá e tu a dares-lhes um sermão sobre a pontualidade e elas bué queridas com comidinha para ti! Não se faz!
    Vai mandando mais fotos (sempre e assim que tiveres net com mais regularidade).
    Um beijão*

  4. Maravilha professora Ana
    isso do rato e’ deveras assustador. Tens que ter o telemovel ctg para iluminares o quarto dentro do mosquiteiro, melhor que andar a correr ‘as escuras 🙂

    O nosso Sporting perdeu com os lampioes, eles ja’ estao mais contentinhos e subiram para meio da tabela mas ainda a 1 ponto do Sporting, o paulo bento e’ o novo selecionador de Portugal, em principio ja’ tem os lampioes ‘a perna, tem medo que ele nao convoque os 11 sul-americanos que compoem a equipa deles 😉

    P.s. como nao deves ter a Bola, assim informo-te via Macau
    bjs

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: